Edição genética | Porcos e aves mais resistentes a doençasBlog

Num curto vídeo, o Professor de Biotecnologia animal e especialista em engenharia genética Bruce Whitelaw fala sobre as aplicações atuais e futuras da edição do genoma, dando como exemplo o trabalho que está a ser desenvolvido no Instituto Roslin, na Escócia, de que é vice-diretor.

A edição do genoma é uma ferramenta poderosa para prevenir doenças que têm maior impacto na agropecuária. “Pode ser usada, por exemplo, para a produção de porcos resistentes a doenças e aves resistentes à gripe”. Quem o diz é o vice-diretor do Instituto Roslin, Bruce Whitelaw, Professor de Biotecnologia animal e especialista em engenharia genética.

“Agora encontramo-nos numa fase em que tudo acontece no laboratório, mas chegará o dia em que os animais chegarão ao mercado para serem comercializados. Graças à edição do genoma, serão animais resistentes a doenças, com melhor bem-estar, mais produtivos e com menos pegada ambiental”, salientou Bruce Whitelaw, num vídeo publicado no site da Universidade de Edimbugo.

Veja aqui o vídeo.

pt Português
en Englishpt Portuguêses Español