CRISPRoff | Investigadores melhoram tecnologia de edição de genes com interruptorBlog
Créditos da imagem: Jennifer Cook-Chrysos/Whitehead Institute

Chama-se CRISPRoff e é a mais recente tecnologia de edição de genes. Os ‘pais’ desta versão melhorada do sistema que permite fazer alterações altamente precisas no DNA explicam como funciona num artigo no jornal Cell.  

Segundo os investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts e da Universidade da Califórnia, ambos nos EUA, esta nova ferramenta de edição do genoma torna a tecnologia CRISPR reversível. O que significa que as alterações no material genético resultantes dos cortes na cadeia dupla do DNA não são permanentes, ao contrário do que acontece com o CRISPR-Cas9.

Num artigo publicado no jornal Cell, os cientistas afirmam que o CRISPRoff permite regular a expressão genética com alta especificidade sem alterar o DNA do organismo. Designadas de “silenciamento epigenético de genes”, as alterações efetuadas com o CRISPRoff tornam-se eficazes através da metilação, que envolve a adição de marcadores químicos em locais específicos do DNA.  

Os cientistas desenvolveram uma máquina de proteína que funciona como um interruptor: pode agregar grupos de metil em certos locais da cadeia de DNA e silencia ou desliga os genes metilados – daí o nome CRISPRoff. Uma vez que não implica a alteração da cadeia de DNA, os cientistas podem reverter o efeito silenciador com o uso de enzimas que removem os grupos metil – a esta técnica chamaram de CRISPRon.

Mais informações num comunicado publicado no SciTech Daily e no artigo de investigação no jornal Cell.

pt Português
en Englishpt Portuguêses Español