CRISPR | Japoneses já podem comprar tomate geneticamente editadoBlog
Sicilian Rouge High GABA, o primeiro tomate desenvolvido por CRISPR à venda no Japão

Uma start-up japonesa utilizou a tecnologia CRISPR/Cas9 para editar o genoma do tomate Sicilian Rouge High GABA. A tecnologia foi usada para aumentar os níveis de ácido gama-aminoButírico (GABA), um aminoácido que ajuda a reduzir a pressão arterial. É o primeiro tomate no mundo geneticamente editado para consumo humano.

O tomate Sicilian Rouge High GABA é a primeira de variedade de várias com valores nutricionais melhorados que a empresa japonesa Sanatech Seed pretende desenvolver. Através da utilização do CRISPR / Cas9, uma tecnologia de edição de genes de ponta, esta variedade de tomate “contém quatro a cinco vezes mais GABA do que um tomate normal”, como garantiu Shimpei Takeshita, presidente da star-up no Congresso Global do Tomate.

No Japão,  a legislação que regulamenta a utilização da edição do genoma permite a comercialização de produtos geneticamente editados, desde que tenha sido solicitada às entidades regulatórias a necessária aprovação.

Graças a campanhas de marketing e de informação sobre a edição do genoma, aceitação destes produtos no Japão é maior do que em outras partes do mundo. No entanto, a empresa  diz que agora está mais focada em conquistar os consumidores do que em apresentar o produto comercialmente. Numa primeira fase, a Sanatech Seeds vai lançar o tomate Sicilian Rouge High GABA num canal de jardinagem para que os consumidores possam adquirir cinco mudas para plantar.

Mais informações na Eurofruit.

pt Português
en Englishpt Portuguêses Español