Cegueira | CRISPR é uma luz ao fundo do túnelBlog
Creditos: Seeker

Nos últimos meses, o CRISPR permitiu uma série de avanços científicos no tratamento de doenças que causam cegueira. Um tratamento com base nesta tecnologia foi aplicado pela primeira vez a uma pessoa com doença genética.

Investigadores da Editas Medicine (EUA) e da Allergan (Irlanda) administraram o CRISPR pela primeira vez numa pessoa com doença genética. Este tratamento usa a tecnologia CRISPR para corrigir uma mutação específica (que afeta o funcionamento da retina) num gene relacionado com a cegueira infantil.

Pelo menos 2,2 bilhões de pessoas no mundo têm algum tipo de deficiência visual (dados da OMS – Organização Mundial da Saúde).  

Leia na GLP – Genetic Literacy Project a opinião do investigador em oftalmologia e ciências da visão Hemant Khanna, focado nas abordagens oferecidas pelas novas e aprimoradas terapias genéticas para tratar as formas hereditárias de cegueira.

pt Português
en Englishpt Portuguêses Español