Japão | Primeiro alimento geneticamente editado estará à venda em 2022Blog
Créditos da imagem: Andrea Riezzo / Unsplash

Depois de ouvir um painel de especialistas em Dezembro de 2010, o ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar japonês decidiu autorizar a comercialização de uma variedade de tomate geneticamente editada. Será o primeiro alimento GM à venda no Japão.

Os cientistas levaram 15 anos a desenvolver este alimento de valor acrescentado, que apresenta cinco vezes mais GABA (aminoácido associado à redução da pressão arterial) que o fruto convencional.

Desenvolvida por uma start-up sediada em Tóquio, esta variedade de tomate GM irá demorar um ano a chegar ao mercado e será o primeiro alimento com o genoma editado à venda no Japão.

Esta aprovação representa “um grande passo em frente no melhoramento vegetal no Japão”, afirmou Takashi Yamamoto, professor da Universidade de Hiroshima e presidente da Sociedade Japonesa de Edição de Genomas.

Outros projetos relacionados com a edição de genomas estão em curso no Japão para desenvolver plantas de arroz mais produtivas, ovos hipoalergénicos e douradas maiores.

À esquerda, dourada geneticamente editada. Créditos da imagem: Kindai University’s Aquaculture Laboratory.

Super eficientes, com uma alta precisão e resultados rápidos, as tecnologias de edição de genomas permitem alterar genes e dotá-los das características desejadas. Têm sido utilizadas não só no melhoramento vegetal e proteção das culturas agrícolas como também no desenvolvimento de medicamentos.

Mais informações aqui.

pt Português
en Englishpt Portuguêses Español