Espuma de plástico biodegradável produzida a partir de proteínas do leite e de argilaBlog

Espuma de plástico biodegradável
produzida a partir de proteínas do leite e de argila

17 Novembro 2010 – EurekAlert

Os resíduos de plástico que ficam depositados nos aterros são constante preocupação, assim como a dependência do petróleo para o seu fabrico.

Para fazer face a estas preocupações, uma equipa de investigadores desenvolveram um novo plástico ultra-leve e biodegradável produzido a partir de matérias-primas improváveis: leite e argila. A nova substância pode ser utilizada, por exemplo, em almofadas de móveis, embalagens, como isolante, entre outras aplicações. Os resultados desta investigação foram publicados na revista científica   Biomacromolecules.

Oitenta por cento das proteínas do leite de vaca consiste em caseína, já utilizada em adesivos e papéis auto-colantes.  Mas a caseína não é muito resistente. Para reforçar as suas propriedades, os investigadores misturaram argila e gliceraldeído que provoca a ligação destas substâncias umas com as outras. Através de um processo de congelação e secagem da mistura resultante conseguiram produzir um aerogel esponjoso, uma substância tão leve à qual chamaram “fumo sólido”.

Ler mais

Ver Vídeo

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=9Pj3-G9eI_k]

pt Português
en Englishpt Portuguêses Español